21/10 - Casa Grande volta ao circuito turístico luzense
Um dos maiores Patrimônios Históricos de Luz, por muitos anos abandonado, hoje, volta a receber turistas e historiadores de todo o Brasil
 
A Prefeitura de Luz, através da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esportes, com o apoio da Secretaria de Obras, continua com atenção especial aos trabalhos de restauração da “Casa Grande”.


A Casa Grande, conhecida no passado por “Paço Municipal”, sede da primeira Câmara Municipal da “Villa Luz” foi também Prefeitura de Luz, antes, se tornou a residência do líder político do Aterrado, Coronel José Thomaz d’Oliveira, deixada a seu filho, Capitão Alexandre Dú, primeiro Prefeito Municipal de Luz.

Em estilo neoclássico, construída no início do século XX (ou nos últimos anos do século XIX, não há data precisa sobre o período de edificação), é considerada uma réplica menor do Palácio do Catete, antiga sede do Governo Federal no Rio de Janeiro.

O prédio também sediou o Clube Recreativo Luzense e a “ALA” – Associação Luzense de Atletismo, nos anos de 1940 e 1950.

Serviu ainda, de residência do médico e fazendeiro luzense, Dr. Josaphat Macedo, fundador da FAEMG e Prefeito de Mariana, por duas vezes.

Após longo processo de desapropriação o imóvel foi tombado como patrimônio histórico, em 2010, pelo despacho 170, de 28 de dezembro de 2010 e registrada em livro de tombo sob a inscrição 001/10.

Desde o ano de 1997 a residência recebe obras de reforço estrutural e a atual gestão municipal se empenhando para efetivar o restauro e colocar à serviço da comunidade como o “Museu dos Ciclos Econômicos do Município de Luz”, garantindo assim a preservação integral do bem.

O imóvel também abrigará espaço para oficinas de artesanato e uma loja para a comercialização dos produtos produzidos na casa.

Desde julho de 2015 as obras de restauração vêm sendo realizadas de forma ininterrupta no bem. A Prefeitura Municipal mantém um pedreiro e um servente para obras constantes no imóvel.

Até o momento já foram executados vários serviços que deram novo visual à ex-residência da família Dú:

Troca de calhas e rufos do telhado;

Execução de contra piso do imóvel;

Reboco de alvenarias;

Substituição por réplicas dos pináculos da fachada, balaustrada e corrimão da sacada;

Aplicação de fundo preparador nas alvenarias externas;

Aplicação de impermeabilizante nas alvenarias externas;

Substituição dos marcos das janelas;

Limpeza do terreno;

Construção de muro;

Restauro dos gradis de acesso;

Recuperação de detalhes arquitetônicos de alto e baixo relevo.
 
Outros bens tombados

Luz possui muitos bens culturais protegidos através de inventário, registro e tombamento como patrimônio histórico, entre os quais destacamos:

Casa Grande

Centro Cultural Maestro José Botinha Maciel

Corporação Musical Lyra Vicentina Aterradense

Festa de Nossa Senhora do Rosário 

No ano de 2016 foram realizados os tombamentos da Catedral Diocesana Nossa Senhora da Luz e do Monumento São Rafael.

A Prefeitura de Luz mantém seu compromisso com a história de nossa cidade, preservando os Patrimônios Históricos e realizando melhorias em todas as áreas, na busca constante de um futuro melhor para toda a população.
 
Prefeitura de Luz – Um Futuro de Presente para Nosso Passado
PREVISÃO DO TEMPO
NOTA FISCAL ELETRÔNICA
SERVIÇOS ONLINE
REDES SOCIAIS
RECEBA NOVIDADES DA PREFEITURA
Insira seus dados abaixo para receber informativos sobre o que acontece em nossa Gestão:
Prefeitura Municipal de Luz
Rua Dezesseis de Março, 172
Centro - 35595-000 - Luz/MG
Todo material publicado neste website poderá ser distribuído
gratuitamente perante notificação prévia no e-mail:
comunicacao@luz.mg.gov.br
Administração 2017-2020
Desenvolvimento: iSoluçõesWEB